O poder do elogio

Quando escrevi este texto sobre auto-valorização, falei como a nossa sociedade valoriza tão pouco o mérito. E hoje, volto a meter o dedo na ferida, para falar em como valorizamos tão pouco o elogio.

Todos nós gostamos de ser elogiados, mas, na generalidade, todos nós nos esquecemos de elogiar. É algo que não está incutido em nós. Quando é para criticar ou reclamar de algo, estamos rapidamente prontos, mas para elogiar parece que nos falta o combustível.

Não consigo perceber bem porquê. A verdade é que quando elogiamos alguém não só essa pessoa se fica a sentir bem, como nós próprios também ficamos. Pelo menos para mim, quando sinto que dei uma alegria a alguém isso faz-me bem, sinto-me bem comigo mesma. Mas eu sei disto e mesmo assim raramente elogio. O mais estúpido é que acho que na maior parte das vezes não elogio porque sinto-me envergonhada em fazê-lo. É estranho. Mas eu também não sou o melhor exemplo nesta matéria, uma vez que as competências sociais por aqui ainda precisam de muito polimento.

Mas mais do que bater no ceguinho por elogiarmos pouco, o que eu quer mesmo falar é sobre o poder do elogio.

Para mim, o elogio é uma ferramenta única e incrível com capacidade de mudar o mundo. Quando sinceramente elogiamos alguém, estamos a reconhecer essa pessoa por algo de bom que fez ou que é. Isso faz com que essa pessoa não só se sinta feliz, mas também reconhecida. E ao ser reconhecida, a sua auto-confiança e a sua auto-estima também vão melhorar. Por mais que não devamos viver em função do que o outro pensa, a verdade é que vivemos em sociedade e os nossos relacionamentos são parte essencial da nossa existência e da nossa felicidade. Por isso, ser reconhecido pelo o outro é sim algo importante. E é sim algo que devemos valorizar, obviamente com conta, peso e medida.

Quando elogiados, ao nos sentirmos reconhecidos e mais confiantes, vamos acreditar mais nas nossas capacidades e ser capazes de ir mais longe, de concretizarmos os nossos objetivos e de vivermos a vida dos nossos sonhos. E se vivermos a vida dos nossos sonhos, vamos ser felizes. E se formos felizes, vamos ter uma perspetiva positiva sobre a vida e ter um impacto positivo sobre os outros e sobre o mundo. E se cada um impactar positivamente o mundo, este torna-se um lugar melhor. Por isso, sim, acredito que o elogio pode mudar o mundo.

E se elogiar pode melhorar o mundo, de que estamos à espera para elogiar mais?

Se todos nós queremos viver num mundo melhor, o que estamos a fazer em prol disso? Se acreditamos que elogiar o outro pode ser um caminho para lá chegar, o que nos custa fazê-lo?

Não guardes para ti o elogio que podes fazer hoje. Elogia mais e torna o mundo melhor.

Eu também vou fazer por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *